PROMOS

Designação do Projeto: PROMOS – Previsão e otimização de campanhas publicitárias Para Dispositivos móveis em modelo de Subscrição

Referência: NORTE-01-0247-FEDER-017497

Objetivo Principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Financiamento: Projeto I&D em Co-Promoção, Aviso 33/SI/2015 – I&DT Empresarial, financiado pelo Portugal 2020/Adi – Agência de Inovação

Entidade Promotora: OLAMOBILE PORTUGAL, SOCIEDADE UNIPESSOAL LDA

Entidade Co-promotora: UNIVERSIDADE DO MINHO

Investimento: 730.163,82 EUR

Elegível: 721.888,81 EUR

Incentivo Não Reembolsável: 564.610,22 EUR

Duração: dezembro de 2016 a novembro de 2018

 

 

 

 

Descrição do Projeto:

Este projeto em co-promoção envolve a área de Mobile Performance Marketing para o mercado de publicidade de produtos em dispositivos móveis (e.g. smartphones, tablets), num  modelo de subscrição. Trata-se de uma área de publicidade em crescimento devido à evolução da Internet e meio móvel,  e o onde o anunciante apenas paga quando há clientes adquiridos e resultados mensuráveis (e.g. Cost Per Acquisition – CPA).

O consórcio promotor é constituído pela OLAMOBILE PORTUGAL, SOCIEDADE UNIPESSOAL LDA e pela UNIVERSIDADE DO MINHO reunindo as competências técnicas e científicas para o desenvolvimento do mesmo. Este projeto tem o apoio financeiro da União Europeia, através do Programa Operacional Regional do Norte e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Em particular, será investigado e desenvolvido um novo algoritmo automático para a Previsão e Otimização de campanhas publicitárias para dispositivos MÓveis em modelo de subscrição (PROMOS). O objetivo é prever qual o melhor produto móvel a mostrar ao utilizador final, de modo a otimizar os interesses dos agentes envolvidos no negócio: OLAmobile (co-promotor, cuja atividade central é o Mobile Performance Marketing), anunciantes, webmasters e criadores de conteúdos móveis e também os utilizadores.

O algoritmo será estudado (investigado, desenvolvido e testado) em meio laboratorial (Technology Readiness Level – TRL 4) no co-promotor Universidade do Minho (UMinho), sendo baseado num processo de autoaprendizagem a partir de dados fornecidos pela OLAmobile e com características de elevado volume e velocidade (big data streams).

À medida que resultados interessantes forem surgindo do lado UMinho, o algoritmo será adaptado e transposto para a tecnologia da OLAmobile, tendo em vista uma validação em meio industrial (TRL 5), com funcionamento do algoritmo em ambiente real. Quando o protótipo do algoritmo estiver concluído, este será posto em funcionamento operacional (TRL 7), de modo a ter-se uma nova tecnologia para uso pela OLAmobile e com elevado impacto na indústria envolvente. Mais ainda, esperam-se diversos resultados deste projeto (e.g. duas teses de doutoramento, duas teses de mestrado, sítio Web, pedido de patente internacional, publicação de artigos científicos internacionais) e que serão amplamente divulgados (e.g. Web, redes sociais, meios de comunicação social).